quarta-feira, 3 de março de 2010

Palavras de outro cantinho...

Espreitando por este mundo da blogsfera, descobri estas palavras, neste cantinho onde uma bebida e um amor são servidos sem gelo... Não pude deixar de trazê-las para Lua...
Apesar de ter um bocadito (coisa pouca) mais de 14 anos, há dias em que acredito em milagres...
(devo acrescentar que hoje não é um deles, mas isso não interessa nada)

'Amor é quando você acha que a pessoa com quem você se relacionava era egoísta, possessiva e infantilóide e isso não reduz em nada a sua saudade, não impede que a coisa que você mais gostaria neste instante é de estar tocando os cabelos daquela egoísta, possessiva e infantilóide.
Amor é quando você sabe tintim por tintim as razões que impedem o seu relacionamento de dar certo, é quando você tem certeza de que seriam muito infelizes juntos, é quando você não tem a menor esperança de um milagre acontecer, e essa sensatez toda não impede de fazê-lo chorar escondido quando ouve uma música careta que lembra os seus 14 anos, quando você acreditava em milagres.'
     
Martha Medeiros

4 comentários:

Vanessa Souza Moraes disse...

Amor é tanta coisa - ou quase nada...

continuando assim... disse...

convite para seguir a história de Alice
lá no ...continuando assim...


espero que gostes


bj
Teresa

Lilian disse...

Muito obrigada pelo carinho com que postou sobre meu blog aqui.
Vou te contar um segredo: Eu tbm acredito em milagres mas não com tanta fé.
Beijo.
Voltarei sempre.

Asiram disse...

lindooo ;)


bjux da loukodoida*