quarta-feira, 18 de maio de 2011

... e isso...

Há horas (que se transformam em dias) complicadas, situações que se prolongam, problemas sem fim à vista, cartas de um baralho viciado e momentos que mais parecem um dejá-vu. Dias tristes ou o que se se deva chamar a isso.  E é nessas alturas que se separa o trigo do joio, é aí que se faz a selecção, a triagem dos que nos rodeiam. É verdade que sabemos que há pessoas que sempre lá estarão, mas outras vezes, no meio da montanha russa da vidinha, as palavras  que estamos à espera de ouvir, também, vêm dos sítios mais inesperados... e isso é muito bom!

5 comentários:

Bloguótico disse...

Aí tens dito algo que eu não diria de melhor forma!! :)

*Pérola* disse...

:)

Muito bom!

Força nisso...

BeijOoOoOOO

Maria disse...

:)

bonequinho fixe!!! ;)

Lilian disse...

mt msm

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Vacamiga

Um desabafo. Há que tempo que não passava por aqui. Apesar de já ter feito o requerimento e juntado as certidões e atestados necessários, não meio de me passarem o Cartão de Omnipresente... Raio de coisa.

Mas tu também desapareceste lá da Travessa? Ofendi-te. Insultei-te? Tratei-te mal? Creio que não.

Concordo contigo (e comigo): há sempre quem esteja connosco; mas às vezes esquecem-se...

Qjs