quarta-feira, 20 de agosto de 2008

colar cacos

Às vezes penso que colar cacos é como colar pedaços da vida. Ou se cola bem à primeira ou está tudo estragado...Descolar, tirar a cola e tentar dar um bom aspecto, remediar o mal que está feito...Depois volta a colocar-se cola e a juntar fragmentos, sabendo à priori que as fracturas serão sempre visiveis e procura-se disfarçar, na vida como nos cacos. Se com estes junta-se barro, na vida promove-se diariamente o sistema do sorriso (amarelo) e das frases "está tudo bem" e "não se passa nada".

2 comentários:

euzinha de volta disse...

uau! Não sei como consegues... mas tá jolie!!

Luzinha disse...

pois... remediar as coisas que se passaram... por muito que a gente de esforce...fica sempre sinais e cicatrices!