quinta-feira, 6 de maio de 2010

As minhas manhãs...

Um gato, em casa sozinho, sobe
à janela para que, da rua, o
vejam.

O sol bate nos vidros e
aquece o gato que, imóvel,
parece um objecto.

Fica assim para que o
invejem — indiferente
mesmo que o chamem.

Por não sei que privilégio,
os gatos conhecem
a eternidade.

Nuno Júdice, Zoologia: O Gato

7 comentários:

*C*inderela disse...

Vida de gato é mesmo boa ... quem me dera :P

Maria disse...

Gatos doidos!!!
Tal e qual uma certa dona ;)

Xaninha disse...

tu, como vaca, dás-te bem com gatos????

deves ser mm dócil!! :)

beijinhos ;)

Bloguótico disse...

Hummm... mais um post sobre gatos no blogue da vaca! Eles fizeram-te refém?!! LOOL

Maria disse...

ahahahahahah!!!
É bem capaz disso, não é nada mal pensado...

*Pérola* disse...

:D

Tão lindos!!!

S as tuas feras?! Espectáculo... :)

BeijOoOOooOO

LopesCa disse...

Que lindos :)